Será entregue nesta quarta-feira, dia 17 de maio, durante o 4º Simpósio do Comitê Brasileiro de Barragem (CBDB), em Belo Horizonte, o prêmio internacional “Milestone Award” para a Furnas. O reconhecimento à estatal chega por meio do trabalho do engenheiro civil e geotécnico Marco Antonio S. Ramidan, que teceu a pesquisa sobre a barragem UHE Furnas. Ele resgatou dados importantes relacionados à memória técnica e aspectos sociais, bem como fotos da construção do empreendimento, que foi a primeira hidrelétrica de grande porte do Brasil e um marco no processo de urbanização e industrialização do país.

Os trabalhos vencedores foram selecionados considerando as inovações dos projetos apresentados, tanto na construção como na concepção, o bom desempenho operacional, além da atenção com os aspectos sociais e ambientais.  Pedro Paulo Sayão Barreto, superintendente do CBDB, destaca que o “Milestone Award” reconhece os trabalhos mais expressivos e relevantes em todo o mundo, desde o projeto até a execução do trabalho. “Além de contar com a avaliação de especialistas internacionais, o Prêmio escolhe empreendimentos que podem servir de exemplo para novos projetos de barragens de enrocamento, tornando-se verdadeiras referências para futuras construções”, afirma.

A pesquisa de Ramidan conquistou o primeiro lugar, concorrendo com trabalhos da China e diversos países da América Latina, sendo motivo de extremo orgulho para empresa e para o profissional, como destaca o engenheiro que trabalha na Divisão de Geotecnia e Segurança de Barragens. “Esse prêmio é um importante reconhecimento ao trabalho de Furnas e, em particular, uma grande realização profissional para mim, que fui escolhido para contar um pouco dessa história”, afirma Ramidan, que ainda reforça: “A Hidrelétrica de Furnas foi muito inovadora para a época e configurou-se como um marco para setor hidrelétrico na Engenharia de Construção de Grandes Barragens no País”.

A construção começou em julho de 1958, tendo a primeira unidade entrado em operação em setembro de 1963 e a sexta, em julho de 1965.

 

Fonte: Canal Energia

Notícias

  • Aneel autoriza repasse de R$ 105 milhões da RGR para distribuidoras designadas 08/02/2018 14:45

    A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou o repasse de R$ 105,4 milhões do Fundo Reserva Global de Reversão (RGR), a título de empréstimo, às concessionárias designadas para a prestação do serviço público de distribuição de energia elétrica.Os valores vão beneficiar os consumidores atendidos pelas empresas Amazonas Energia D (R$ 44,3 milhões), Boa Vista Energia (R$ 23,7 milhões), Cepisa (R$ 9,3 milhões), Ceron (R$ 15,5 milhões) e CEA (R$ 12,4 milhões), segundo despacho publicado...

    Leia Mais...

mapa iconMAPA DO SITE - clique aqui para abrir

mapa iconMAPA DO SITE - clique aqui para fechar