A Eletrobras criou uma comissão que vai auxiliar na análise de requisitos para cargos na estatal e em subsidiárias, informou a companhia. O grupo denominado Comissão Interna Transitória de Elegibilidade (Cite) será composto pelos conselheiros da administração Vicente Falconi e Mozart Campos Araújo, além do presidente da estatal, Wilson Ferreira Jr.

A função do comitê será ajudar o governo, na condição de acionista majoritário na indicação de nomes para a Eletrobras e controladas, bem como para os respectivos conselhos de administração e fiscal, a fim de verificar se os nomes preenchem os requisitos previstos na Lei de Responsabilidade das Estatais (13.303/2016).

A lei foi estabelecida como forma de reduzir as ingerências políticas nas indicações para a gestão das estatais, priorizando perfis técnicos ou que apresentem "prazo de quarentena" estabelecido após participações em agremiações políticas.

O caso mais recente, divulgado pela imprensa, é o de Itaipu, que já teria a nova diretoria indicada, mas ainda não foi anunciada porque algumas indicações estariam contrariando a Lei das Estatais.

 

Fonte: Brasil Energia

Notícias

  • Aneel autoriza repasse de R$ 105 milhões da RGR para distribuidoras designadas 08/02/2018 14:45

    A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou o repasse de R$ 105,4 milhões do Fundo Reserva Global de Reversão (RGR), a título de empréstimo, às concessionárias designadas para a prestação do serviço público de distribuição de energia elétrica.Os valores vão beneficiar os consumidores atendidos pelas empresas Amazonas Energia D (R$ 44,3 milhões), Boa Vista Energia (R$ 23,7 milhões), Cepisa (R$ 9,3 milhões), Ceron (R$ 15,5 milhões) e CEA (R$ 12,4 milhões), segundo despacho publicado...

    Leia Mais...

mapa iconMAPA DO SITE - clique aqui para abrir

mapa iconMAPA DO SITE - clique aqui para fechar