O Ministro de Minas e Energia sancionou nesta quinta-feira, 13 de abril, a portaria 142/2017, que determina criação do Comitê de Governança, Riscos e Controles. O CGRC terá a missão de deliberar sobre os temas estratégicos do ministério, como formular aperfeiçoamento das políticas de gestão e de governança corporativa, realizar avaliações periódicas da implementação do plano estratégico e aprovar, direcionar, monitorar e avaliar estratégias, programas e projetos considerados prioritários.

O comitê também deverá definir a Política de Gestão de Riscos do Ministério, assegurando a gestão de riscos de forma sistemática, priorizando estratégias, programas e projetos de maior relevância, além de definir metas de avaliação do desempenho da gestão de riscos e disciplinar como serão integradas as instâncias do MME responsáveis pela gestão.

O CGRC vai ser coordenado pela secretaria-executiva do MME, que vai ter como integrantes o gabinete do Ministro, a Secretaria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral, a Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Energético, a Secretaria de Energia Elétrica e a Secretaria de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis. Cada titular é responsável, no âmbito da unidade que dirige, pelo acompanhamento da estratégia relacionado à sua área de atuação e pela implementação da Política de Gestão de Riscos do MME. O Coordenador do comitê poderá convocar titulares de outras Unidades do Ministério de Minas e Energia para prestar apoio técnico ao Colegiado.

Fonte: Canal Energia

Notícias

  • Aneel autoriza repasse de R$ 105 milhões da RGR para distribuidoras designadas 08/02/2018 14:45

    A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou o repasse de R$ 105,4 milhões do Fundo Reserva Global de Reversão (RGR), a título de empréstimo, às concessionárias designadas para a prestação do serviço público de distribuição de energia elétrica.Os valores vão beneficiar os consumidores atendidos pelas empresas Amazonas Energia D (R$ 44,3 milhões), Boa Vista Energia (R$ 23,7 milhões), Cepisa (R$ 9,3 milhões), Ceron (R$ 15,5 milhões) e CEA (R$ 12,4 milhões), segundo despacho publicado...

    Leia Mais...

mapa iconMAPA DO SITE - clique aqui para abrir

mapa iconMAPA DO SITE - clique aqui para fechar