O Ministério de Minas e Energia autorizou na última segunda-feira, 21 de agosto, o enquadramento ao Regime Especial de Incentivos ao Desenvolvimento da Infraestrutura do projeto de reforços em instalação de energia elétrica sob titularidade de Furnas, e que compreende reforços nas subestações Foz do Iguaçu, Itaberá, Tijuco Preto, Ibiúna, Serra da Mesa, Angra, Cachoeira Paulista, Itumbiara, Ouro Preto, Marimbondo, Poços de Caldas, Bateias, Bandeirantes, Guarulhos, Corumbá, Barro Alto, Águas Lindas e Brasília Sul.

Os empreendimentos estão localizados respectivamente em Brasília, no Distrito Federal; Águas Lindas de Goiás, Aparecida de Goiânia, Barro Alto, Caldas Novas e Minaçu, todos em Goiás; Araporã, Fronteira, Ouro Preto e Poços de Caldas, em Minas Gerais; Campo Largo, Foz do Iguaçu e Manoel Ribas, no Paraná; Angra dos Reis no Rio de Janeiro e Cachoeira Paulista, Ibiúna, Itaberá, Mogi das Cruzes e São Paulo, no Estado de São Paulo.

O período de execução do projeto vai de junho de 2016 até dezembro de 2018 e irá demandar investimentos de R$ 31 milhões sem a incidência de impostos.

 

Fonte: Canal Energia

Notícias

  • Budweiser vai construir parque eólico na Bahia 14/11/2019 12:13

    A cerveja Budweiser, da Ambev, terá toda sua produção e distribuição no Brasil feita 100% com energia limpa até 2022. A Bud vai construir um parque eólico na Bahia com aproximadamente 1.600 hectares e potência superior a 80 MW. A expectativa é que ele fique pronto no início de 2022 e abasteça 100% das cinco cervejarias que produzem Budweiser no país. Com essa iniciativa, no total, 20 mil toneladas de dióxido de carbono deixarão de ser emitidas a cada ano. O valor é equivalente a retirada de...

    Leia Mais...

mapa iconMAPA DO SITE - clique aqui para abrir

mapa iconMAPA DO SITE - clique aqui para fechar